Publicado em:

Unigrejas promove evento no Rio de Janeiro e aborda os desafios das igrejas na atualidade


Por Alessandra Benac/site oficial e fotos Unigrejas

Neste dia 25 de novembro, segunda-feira, um evento especial ocorreu no Hotel Hilton, no Rio de Janeiro, promovido pela Unigrejas. Das 10h às 14h, diversas autoridades e convidados estiveram presentes no local, cujo tema abordado foi “as igrejas e seus desafios na atualidade.”

Para recepcionar os convidados foi servido um coffee break, às 10h, no hall do hotel e, pontualmente, às 11h, aconteceu o pronunciamento do presidente da Unigrejas, Bispo Eduardo Bravo. Ele mencionou a todos os presentes que o nosso país está, sim, se tornando evangélico, porém, só em números.

“A qualidade não tem sido a mesma, pois a depressão, a violência e outros males estão aumentando”, comentou, explicando a importância da associação Unigrejas, já que ela foi criada justamente para mudar esse quadro.

A Unigrejas reúne, atualmente, em todo Brasil mais de 30 mil pastores de diversas denominações evangélicas. 

Na oportunidade, o Bispo ainda apresentou a todos o portal da Unigrejas, explicando como os líderes podem enviar notícias de suas denominações diretamente do site, após realizar um rápido cadastramento na aba “Você Repórter”.

Em seguida, foi mostrado um vídeo em que se destacou o trabalho da Unigrejas e seus principais objetivos.

Trabalhos diversos

Outra presença marcante foi a do juiz federal, e professor universitário (Mestre em Direito), Dr. William Douglas, que expressou suas considerações em relação ao tema, salientando a respeito do trabalho desenvolvido pela igreja dentro dos presídios, esta – segundo ele – é quem mais ajuda a mudar a realidade do país. 

“Nós temos que mudar o país. E quem mais ajuda são os evangélicos. Não podemos ser corruptos, temos que ser íntegros para desenvolver esse papel na sociedade”, destacou.

Por volta das 11h45, o presidente estadual do Republicanos, no Rio de Janeiro, Luis Carlos Gomes, enfatizou a importância da igreja para a sociedade como um todo. “As igrejas estão nos hospitais, nos presídios, nas comunidades e, por isso, elas têm de ser respeitadas a essa altura”, definiu.

Debatendo o futuro

Antes do almoço especial, o atual vice-presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Marcos Pereira (Republicanos) fez questão de falar que toda a sociedade brasileira deve participar da política, sim, e fazer dela sua aliada. Ele ainda parabenizou a Unigrejas pelo evento e pela união de várias denominações religiosas. “É preciso debater o futuro do nosso país”, reforçou.

Antes de o almoço ser servido, foi passado um vídeo intitulado como “Você Sabia?”, da Prefeitura Municipal do Rio, que mostrou as melhorias e mudanças desenvolvidas na atual gestão do prefeito Marcelo Crivella – também presente ao evento especial. Na ocasião, Crivella salientou a difícil atuação da prefeitura em prol do povo.

Ele, também, apresentou as dificuldades enfrentadas no decorrer do seu mandato, os processos requeridos contra ele e relembrou a tentativa de impeachment. Na oportunidade, falou sobre a incansável investida da Rede Globo em falar mentiras a seu respeito e de, recentemente, ter agido de forma preconceituosa com todos os cristãos no final da novela das 21h da emissora, que mostrava uma missionária cometendo um assassinato, enfatizando a hipocrisia entre a bancada evangélica.

“As coisas boas e os investimentos eles não mostram, ao contrário: a Rede Globo só fala mentiras”, enfatizou Crivella. E acrescentou: “A Globo tenta estereotipar os evangélicos, trazendo dúvidas ao coração do povo. Os evangélicos não são santos, mas estão longe de ser assassinos, ladrões, corruptos, adúlteros, ao contrário, eles são os que lutam pela família, pela educação das crianças, pela diminuição da pobreza e divisão de redes de distribuição de renda; é um absurdo o que a Rede Globo de televisão, no afã de querer destruir a família, faça ou tente fazer com os evangélicos aquilo que faz”, destacou o prefeito.

Ao final dos pronunciamentos, todos participaram de uma oração realizada pelo Bispo Eduardo Bravo.

Acompanhe as fotos: